Opinião: Omissão total

Omissão total
Tucano cobra posição do governo brasileiro em relação a ataques contra a democracia na Venezuela

O deputado Rodrigo de Castro (MG) cobrou, nessa quinta-feira (26), uma postura do governo brasileiro em relação à crise que afeta a Venezuela, com ataques à liberdade de expressão e tentativa de calar as oposições. O tucano afirmou ser inadmissível que o Brasil assista a tudo que vem acontecendo na nação vizinha, inclusive a violação de direitos humanos, de maneira totalmente passiva.

“É urgente que o Brasil se posicione com relação à crise da Venezuela. Não é possível que nosso país, como um dos líderes da América do Sul e do Mercosul, assista passivamente ao que ocorre entre nossos vizinhos”, defendeu o parlamentar em discurso na Câmara.

Castro considerou inaceitável a prisão do prefeito de Caracas, Antonio Ledezma, por agentes do Serviço de Inteligência da Venezuela, sob a acusação de planejar um golpe de Estado. Segundo ele, tão inaceitável quanto foi a justificativa da presidente Dilma para a omissão de seu governo. A petista alega que o Brasil não deve interferir em assuntos internos de outros países. “Isso não se justifica quando vemos um atentado aos direitos humanos, à liberdade e à democracia”, rechaçou.

O deputado mineiro demonstrou preocupação com os rumos tomados pela atual política externa praticada pelo Itamaraty. “É preocupante saber que nossa diplomacia, que já foi exemplo e referência para todo o mundo, seja hoje contaminada pela visão ideológica do PT. Estamos míopes em relação aos problemas, inclusive da América do Sul. Isso tem que mudar. É preciso ação por parte do Itamaraty e também nossa, como parlamentares”, alertou.

Fonte: PSDB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *