Os dez erros do governo do PT

 

Ontem, em discurso para a TV Senado, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) apontou os erros dos dez anos do governo do PT. Um marco neste início de legislatura, um discurso firme, sereno, uma visão muito ampla do Brasil, das deficiências deste governo e do tanto que nós temos que avançar. Ele mostra que é o nosso líder, que está preparado para dialogar com todo o Brasil e, principalmente mostrar aos brasileiros que este governo do PT não está à altura do nosso país. Cabe a nós construirmos a sua candidatura, que levará o povo brasileiro à vitoria, com um governo honesto, desenvolvimentista e socialmente justo.

Deputado federal e secretário-geral do PSDB, Rodrigo de Castro

 

Brasília – O senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi à tribuna, na tarde desta quarta-feira (20), para enumerar 13 fracassos da gestão do Partido dos Trabalhadores (PT) no governo federal. No dia em que petistas realizam evento para lembrar a marca de dez anos à frente do Palácio do Planalto, o parlamentar tucano criticou a falta de humildade e autocrítica da legenda. “Ao contrário do que quer fazer crer a propaganda oficial, o Brasil não foi descoberto pelo ano de 2003. Fato é que, no governo, deram continuidade às políticas criadas e implantadas pelo presidente Fernando Henrique. E fizeram isso sem jamais reconhecer a enorme contribuição dada pelo governo do PSDB na construção das bases que permitiram importantes conquistas alcançadas no período de governo do PT”, afirmou, enfatizando que não existe monopólio do povo brasileiro, como julgam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seus aliados.

De acordo com o tucano, a data seria uma excelente oportunidade para que o PT revisitasse a sua história e reconhecesse a contribuição do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para o desenvolvimento do Brasil. Lembrou que os petistas sempre optaram por um projeto de poder em detrimento do bem do povo brasileiro, em diversas ocasiões. Na presença do presidente nacional do PSDB, deputado federal Sérgio Guerra (PE), do líder no Senado, Aloysio Nunes e de parlamentares da bancada no Congresso, Aécio recordou que o PT negou apoio a Tancredo no Colégio Eleitoral, renegou a constituição cidadã de Ulysses Guimarães e foi contra o Plano Real e a Lei de Responsabilidade Fiscal.

“Mas afinal, qual é o PT que celebra aniversário hoje? O que fez do discurso da ética, durante anos, a sua principal bandeira eleitoral, ou o que defende em praça pública os réus do mensalão? O que condenou com ferocidade as privatizações conduzidas pelo PSDB ou o que as realiza hoje, sem qualquer constrangimento? O que discursa defendendo um Estado forte ou o que coloca em risco as principais empresas públicas nacionais, como a Petrobras e a Eletrobras”, questionou.

Ao concluir, o senador, que foi aplaudido e cumprimentado por parlamentares tucanos e de outros partidos, afirmou que o PSDB, diferentemente do que fez o PT no governo FHC, faz uma oposição responsável e fiscalizadora. “Não fizemos oposição ao Brasil e aos brasileiros. Jamais fizemos.”

13 Fracassos do governo do PT

1. O comprometimento do nosso desenvolvimento
2. A paralisia do país: o PAC da propaganda e do marketing
3. O tempo perdido: a indústria sucateada
4. Inflação em alta: a estabilidade ameaçada
5. Perda da Credibilidade: a contabilidade criativa
6. A destruição do patrimônio nacional: a derrocada da Petrobras e o desmonte das estatais
7. O eterno país do futuro: o mito da autossuficiência e a implosão do etanol
8. Ausência de planejamento: o risco de apagão
9. Desmantelamento da Federação: interesses do país subjugados a um projeto de poder
10. Brasil inseguro: insegurança pública e o flagelo das drogas
11. Descaso na saúde, frustração na educação
12. O mau exemplo: o estímulo à intolerância e o autoritarismo
13. A defesa dos maus feitos: a complacência com os desvios éticos

Fonte: PSDB

Leia aqui o discurso do senador Aécio Neves sobre os 13 fracassos do PT 

Assista o vídeo na TV Senado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *